terça-feira , 25 janeiro 2022
Início Sem categoria Câmara de Nanuque ignora crise financeira e propõe criação de cargos de...

Câmara de Nanuque ignora crise financeira e propõe criação de cargos de Assessoria.

Projeto de Resolução que cria cargos de assessores na Câmara de Vereadores de Nanuque/MG.

Como se não bastasse a aprovação de férias e pagamento de 1/3 de férias, agora os vereadores da Câmara Municipal de Nanuque, no Vale do Mucuri, extrapolaram todos os limites da razão e bom senso, pautando de forma desnecessária a criação de cargos de assessores parlamentares, através do Projeto de Resolução 01/2019, proposto pela Mesa Diretora.

Para quê ninguém sabe, pois, segundo levantamento a Câmara tem Assessoria Jurídica, Assessoria Contábil, Assessoria de Comunicação, Controle Interno e Diretor, os quais auxiliam os Edis nos seus questionamentos e dúvidas na tramitação de projetos e prestam as devidas orientações necessárias. 

Em um ambiente de crise política e financeira em que o Brasil atravessa, com escândalos e mais escândalos envolvendo agentes políticos, a atitude dos vereadores não é vista com bons olhos pela população nanuquense, que está boquiaberta e estarrecida com tamanha falta de prudência e compreensão dos seus representantes do Poder Legislativo, considerando isso como um verdadeiro escarcéu.

Rivaldo Monteiro, ex presidente da Câmara, assevera que é um absurdo sem precedentes esse projeto de Resolução apresentado pela Mesa Diretora, uma tremenda falta de respeito com o eleitorado local. Ele pontifica que os eleitores escolheram os seus representantes para cuidarem e zelarem do patrimônio e erário públicos, mas o que veem são os parlamentares causando prejuízo para os cofres da Administração, cuidando e zelando apenas dos interesses pessoais, em detrimento dos interesses coletivos.

Segundo Rivaldo, os vereadores além de receberem os subsídios mensais (salários), recebem também 13º salário, verbas de gabinete (r$ 950,00) e agora gozam de férias e recebem pagamento de 1/3 de férias. Vale lembrar, que durante sua gestão como Presidente da Câmara, Rivaldo promoveu uma verdadeira revolução com reforma do prédio que parecia um pardieiro, aquisição de veículo e devolução do duodécimo para o Município, gerando uma economia na órbita de 300 mil reais em 02 anos de mandato.

É muita mordomia, relata um eleitor, que está indignado com o que está acontecendo na Casa de Leis de Nanuque. Ele ironiza dizendo que não sabe porque está escrito no interior do Plenário “Casa da Cidadania”. Aquilo mais parece um pandemônio, a casa da Mãe Joana, nunca foi a casa do povo, resume o eleitor insatisfeito.

 A população denuncia em redes sociais e cobra uma atitude efetiva e enérgica do Ministério Público Estadual, através da sua Promotoria na Comarca de Nanuque, que deveria averiguar essa escabrosa situação e patrocinar uma ação de improbidade administrativa contra a Mesa Diretora, autora da proposta apresentada.

Vale ressaltar, que o filho de Jair Bolsonaro, Presidente da República, Flávio Bolsonaro, ex Deputado Estadual pelo Rio de Janeiro,  poderá ser investigado por apropriar da maior parte dos salários dos seus assessores. O COAF, órgão responsável pelo levantamento de movimentações financeiras estranhas, apontou uma série de movimentações financeiras do assessor dele, o ex PM Queiroz, que é sendo acusado de movimentar mais de 1,2 milhões de reais para contas supostamente indicadas por Flávio Bolsonaro, numa prática ilícita comum na ALERJ, para burlar a lei e se beneficiar do dinheiro público.

A pergunta que o povo faz é a seguinte, será que os vereadores de Nanuque estão querendo usar do mesmo subterfúgio de Flávio Bolsonaro, filho do Presidente  Jair Bolsonaro? Será que pensam contratar assessores para dar legalidade, amparo e segurança para a “saidinha” de assessor?

Outra questão é saber se o projeto de Resolução 01/2019, apresentado pela Mesa Diretora da Câmara, tem previsão orçamentária na Lei do Orçamento Anual (LOA) do município e qual o impacto financeiro que irá causar para os cofres públicos.  

RADAR158
RADAR 158 é um portal interativo de notícias, que deixará o leitor inteirado dos fatos e acontecimentos de Serra dos Aimorés-MG e de toda a região do Vale do Mucuri. É um canal informativo real, verdadeiro, seguro, interessante e imparcial, envolvendo o leitor com o texto, despertando nele o gosto pela leitura. O nome é uma homenagem ao município de Serra dos Aimorés, localizada no Vale do Mucuri mineiro, que antes de se tornar cidade era conhecida como KM 158, por causa da estrada de ferro Bahia e Minas, razão da referência do lugar. O portal interativo manterá o leitor antenado em todos os noticiários políticos, policiais, culturais, esportivos, etc. O texto terá uma linguagem simples, de fácil compreensão e entendimento. Qualquer informação que o leitor queira passar ao RADAR 158, existe um canal de contato. Todas as informações são importantes e úteis para o enriquecimento dos conteúdos e das notícias. O RADAR 158 espera que o leitor aprecie o noticiário e colabore com o desenvolvimento e enriquecimento do portal de notícias, podendo contribuir e ajudar na elaboração dos textos jornalísticos.

Most Popular

Prefeito de Serra dos Aimorés Iran Cordeiro assina contrato para recuperação do asfalto da Avenida São Francisco no Bairro Panorama.

A tão esperada obra de recapeamento do asfalto da Avenida São Francisco no Bairro Panorama, em Serra dos Aimorés, finalmente ganhou contornos reais na...

Operação Sigrun das polícias Civil e Militar prende quatro pessoas em Serra dos Aimorés..

Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar de Minas Gerais denominada "Sigrun" prendeu quatro homens e apreendeu um menor na cidade de Serra...

Índios Maxakali sofrem assalto a caminho da Aldeia Água Boa em Santa Helena de Minas.

Quatro indígenas Maxakali, pertencentes à Aldeia Água Boa, localizada na zona rural de Santa Helena de Minas, sofreram um assalto quando caminhavam pela estrada...

Câmara de vereadores de Bertópolis faz devolução de repasse do duodécimo para a Prefeitura Municipal.

Pela primeira vez na história política de Bertópolis, a Câmara de vereadores faz uma devolução vultuosa de repasse do duodécimo para a Prefeitura. O...